Modos verbais

Entende-se por modo as diferentes formas que o verbo apresenta para indicar a atitude que o falante assume em relação ao processo verbal.

São três  os modos do verbo: indicativo, subjuntivo e imperativo.

 

MODO INDICATIVO

O indicativo mostra o fato expresso pelo verbo como certo, preciso, seja ele no passado, presente ou futuro. 

Exemplo: Segunda-feira, teremos prova. 

MODO SUBJUNTIVO

Revela uma atitude subjetiva do falante em relação ao processo verbal, permitindo a expressão de estados emocionais, como as de dúvida, desejo e condição.

Exemplo: Espero que você seja feliz.

MODO IMPERATIVO

O imperativo expressa ordem, solicitação, conselho ou convite. 

 

Exemplo: Faça todos os exercícios do blog.

Geralmente, em situações em que queremos agir sobre o outro, ou seja, convencer nosso interlocutor sobre algo, empregamos o modo imperativo. É o que ocorre na propaganda a seguir, que visa convencer o público-alvo a usar a nova linha de xampu.

Observe  o modo imperativo no apelo de Cebolinha:

Exercícios

  

1. Classifique os verbos a seguir quanto ao modo.

 

a. “— Venha, acrescentei com decisão.”

 

b. “Você é rico, respeitado, admirado, amado.”

 

c. “A luz do candelabro me ferira os olhos.”

d. Se persistirem os sintomas, consulte seu médico.