Exagerado



Exagerado

Amor da minha vida Daqui até a eternidade Nossos destinos Foram traçados na maternidade

Paixão cruel, desenfreada Te trago mil rosas roubadas Pra desculpar minhas mentiras Minhas mancadas

Exagerado Jogado aos teus pés Eu sou mesmo exagerado Adoro um amor inventado

Eu nunca mais vou respirar Se você não me notar Eu posso até morrer de fome Se você não me amar

E por você eu largo tudo Vou mendigar, roubar, matar Até nas coisas mais banais Pra mim é tudo ou nunca mais

Exagerado Jogado aos teus pés Eu sou mesmo exagerado Adoro um amor inventado

E por você eu largo tudo Carreira, dinheiro, canudo Até nas coisas mais banais Pra mim é tudo ou nunca mais

Exagerado Jogado aos teus pés Eu sou mesmo exagerado Adoro um amor inventado

Jogado aos teus pés Com mil rosas roubadas Exagerado Eu adoro um amor inventado.

Composição: Cazuza / Ezequiel Neves / Leoni. Álbum: "Esse cara". Lançamento: 2002.


#DiainternacionaldoRock #Cazuza #Exagerado

0 visualização

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664