Achados e Perdidos


Olá, gente!

já faz algum tempo que eu me apaixonei pelas narrativas e ilustrações de Oliver Jeffers. Conheci-o pela obra A revolta dos gizes de cera, já resenhado aqui, e de lá para cá, nunca mais parei de ler com e para a Luíza as obras desse artista.

Já lemos Presos, O coração e a garrafa, Como pegar uma estrela, O incrível menino devorador de livros e, recentemente, Achados e Perdidos.

Sinceramente, cada título desse mereceria um post , mas hoje, escolhi Achados e Perdidos, por ser uma linda história de apego a alguém. E o que é a amizade se não uma forma de nos apegarmos ao outro?

Achados e Perdidos conta a história de amigos em devir, seres que se encontram...

Bom, deixe-me esclarecer!

Um dia, um pinguim bate à porta da casa em que vive um menino e ao se deparar com a ave, o menino pensa que ela está perdida e resolve ajudá-la a encontrar o lugar de onde veio. Como não sabia por onde começar, decidiu procurar uma agência de achados e perdidos; entretanto, ninguém havia perdido um pinguim. O desejo de ajudar a a ave passa a ser o grande objetivo do menino e ele resolveu, de barco, enfrentar o mar e levar o pinguim ao Polo Sul. Passaram por bons e maus tempos juntos, sempre no balanço de histórias, as quais o pinguim ouvia atentamente. Quando perceberam, estavam no Polo Sul , mas como se separarem se a amizade já havia nascido?

Oliver Jeffers entrega-nos dois seres silenciosos, sozinhos e perdidos, mas que se acham.



Fica a dica!

Espero que gostem!

Regiane

JEFFERS, OLIVER. Achados e Perdidos. São Paulo: Moderna, 2010.

#AchadosePerdidos #OliverJefers

2 visualizações

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664