Indicação de livros infantis sobre bruxas. Seu filho vai amar


A figura da bruxa sempre foi presença constante na infância de qualquer pessoa. O misto medo, repulsa, magia envolve-nos tanto a ponto de ser difícil alguém não gostar de uma história com essas fantásticas criaturas.

Aqui em casa, se na história há bruxa, a leitura da noite é ainda mais esperada.

Lembro-me de que Luíza passou a admirar mais o papel da bruxa na Literatura e no Cinema quando ela tinha 4 anos. Por volta dessa idade, o medo deu lugar à admiração. Lembro-me, inclusive, de que passou a deixar de lado as fantasias de princesas, preferindo as de bruxa.

Olha a foto da Lu em um dia qualquer, numa loja.


No seu aniversário de 5 anos, pediu-me uma festa aterrorizante, cheia de bruxas, morcegos e aranhas. Os meses que antecederam a festa foram repletos de histórias de bruxas, desde as boazinhas até as terrivelmente más, como As bruxas, de Roald Dahl, livro lido para ela durante um mês inteiro.

Segue a lista dos melhores livros na opinião de Luiza e Marina.


1.As férias da Bruxa Onilda

Autores: E. Larreula e R.Capdevila. Editora: Scipione


Nesta história, Bruxa Onilda decide ir para uma praia tranquila e bem-arejada a fim de fugir do calor de seu castelo. Mas, sobrevoando a praia a bordo de sua vassoura, percebe que todo mundo teve a mesma ideia e a cidade não está tranquila, como imaginara. Ela só queria descansar, mas com suas roupas e jeitão de bruxa, foi difícil passar despercebida. Até autógrafos ela distribuiu.

Quer uma história engraçada, fica a dica!

2. Samanta gorducha. Ed. Brinque-Book


Este livro é sobre uma bruxinha que recebe um convite para ir ao baile do Princípe Bóris. Mas, no convite, a expressão “traje a rigor” a preocupa, pois seus quilinhos a mais impedem-na de caber em um vestido.

Então, sem mágica, ela vai para um SPA, fecha a boca, sua a camisa e fica toda elegante para a festa.

A partir daí, o leitor é surpreendido com essa simpática bruxinha, que se esforça para emagrecer só por um motivo: saborear o delicioso banquete do baile do Príncipe.

No fim, o livro mostra que uma boa alimentação e a prática de esportes são importantíssimas para a saúde.

3.Bruxa, Bruxa, venha à minha festa.

Autor: Arden Druce Editora: Brinque Book


Você deve estar se perguntando se esse livro com essa bruxa horrorosa faz sucesso com as crianças, não é mesmo? Eu lhe respondo que sim!

De fato, não é uma bruxa simpática, fofinha, mas garanto que seus filhos vão pedir muito: "Mamãe, conta " Bruxa, Bruxa, venha a minha festa!""

Lembro-me de que, quando vi este livro na livraria, a feiura da capa quase me impediu de levá- lo para as minhas filhas. Mas eu o levei e elas o amaram...

Então, não julgue um livro pela capa. Aliás, as imagens dele exercem um grande poder na criança.

Com uma estrutura repetitiva e simples, o pequeno leitor identifica a imagem, nomeia-a e faz o convite para a Bruxa, Gato, Espantalho, Coruja, Árvore, Duende, Dragão, Pirata, Tubarão, Cobra, Unicórnio, Fantasma, Babuíno, Lobo e até Chapeuzinho Vermelho! No final, o leitor descobre quem é a dona desta festa, cujo público é tão variado.

4. Carona na Vassoura


O livro conta a divertida história de uma bruxa que vive perdendo as coisas no meio do caminho. O que ela tem de atrapalhada, tem de generosa, já que sua vassoura é igual coração de mãe, sempre cabe mais um.

Devido às rimas e à técnica de repetição de estruturas, a criança, ainda que não saiba ler, participa da história, ao declamar trechos que memorizou. No final, somos surpreendidos com o valor da amizade.

Pegue carona nessa vassoura!

5. A bruxa Salomé

Autora: Audrey Wood. Editora: Ática


A bruxa Salomé traz a história de uma mulher que possuía sete filhos, cujos nomes eram: Segunda-Feira, Terça-Feira, Quarta-Feira, Quinta-Feira, Sexta-Feira, Sábado e Domingo.

Um dia, ela precisa ir ao mercado, para isso, deixa os filhos em casa, mas lhes recomenda não abrir a porta a ninguém. Os filhos prometem obedecer e fazem os pedidos de compras à mãe. Mas os pequenos não resistiram à tentação de uma visita especial que trouxe consigo um enorme saco de ouro.O que teria acontecido com essa família?

6. As cartas de Ronroroso

Autores: Hiawyn Oram e Sarah Warburton Editora: Salamandra


Ronroroso Saramago de Bragança, RB, vem de uma família de gatos, servos de bruxas. O problema é que sua dona não quer ser uma bruxa. Segundo ele, ela se recusa a gargalhar como bruxa. não quer montar em vassouras. Não usa pernas de sapo, olhos de salamandra, asas de morcego. E não quer saber de assustar as crianças" E, além de tudo, gosta de rosa.

Para enfrentar esse problema, Ronroroso troca cartas com o tio, pedindo bons conselhos e feitiços que façam com que Hilda Bruxilda se torne uma verdadeira bruxa!

Vale a leitura!

Fica a dica!

Regiane Boainain

#livrossobrebruxas #Diadasbruxas

241 visualizações

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664