Pai x Mãe


Espetáculo

Se eu pudesse traduzir em uma palavra a análise do texto Pai x Mãe, de Machado de Assis, editora Global, eu traduziria como "Espetáculo".

O narrador em terceira pessoa vai além da primeira, pois sente plena empatia pelos personagens. O discurso indireto- livre nos comprova isso. O enredo se passa na época da escravidão e o narrador descreve a máscara de folha de folha de Flandres como uma das ferramentas de tortura, mas na verdade, ele ironiza essa descrição para deflagrar as nossas próprias máscaras.

Candinho e Clara: nomes tão cândidos para uma trama tão obscura. Personagens que se ajeitam em corpos fotografados pela sina humana e que vão até o ápice de suas condições para lutar pela sobrevivência do filho. Um verdadeiro espetáculo de luta visceral por um amor que só quem vive, sabe. É uma questão de sentir... Por isso, tudo se assemelha ao grande espetáculo da vida.

Assista ao vídeo abaixo.



ASSIS, Machado de. Melhores contos: Machado de Assis; Domício Proença Filho [ seleção]. São Paulo: Global, 2010.

#Paixmãe #MachadodeAssis #VeredasdoTexto #EditoraGlobal

0 visualização

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664