A poesia das coisas


Admiro a capacidade que só os poetas e as crianças têm de olhar para “ uma pedra” e ver algo que não seja pedra mesmo.

Em “ a poesia das coisas”, de Silvana Tavano e Adriana Fernandes, publicado pela Editora Sesi Sp, vc vai se encantar com a poesia nascida de coisas e situações tão cotidianas.


Como diz Adélia Prado: “ De vez em quando Deus me tira a poesia, olho pedra, vejo pedra mesmo. “ Ainda bem que existem livros como esses que devolvem a nós a poesia das coisas.

Chamaram-me a atenção também a riqueza dos detalhes da ilustração e o projeto gráfico. É uma surpresa atrás da outra.





Gostei de todos os poemas, mas escolhi um para transcrever para vocês:


"Dúvida de Passarinho

Da árvore-poste de cimento

um passarinho olha

pra moça presa no congestionamento

dentro de seu carro-gaiola

bem que o passarinho queria perguntar:

isso é o seu ninho

ou você tem medo de voar?"


Este último parece muito Palavra, de Adriana Falcão. Não precisa nem dizer que morri de amores.


Recomendo este livro de olhos fechados!

Grande beijo!!!

Regiane Boainain


0 visualização

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664