Diário de Blumka


Esta semana, chegou aqui no Veredas do Texto o livro ilustrado Diário de Blumka, de Iwona Chmielewska, publicado pela Editora Pulo do Gato.


Ao folhear o livro, ainda sem saber o que esperar, fui surpreendida por roupas brancas penduradas em um varal, feito das linhas de uma folha de papel amarelado, o mesmo no qual uma garotinha aparecera sentada, conforme capa do livro.


Em seguida, uma fotografia antiga, na qual se via um senhor de óculos, rodeado de crianças. Quem seriam?


Em seguida, um diário antigo, uma mão, uma caneta tinteiro, prontos para registrar. Mas o quê? Reconheço na manga da roupa a estampa do vestido da garotinha sentada na folha de papel, mostrada na capa.


É Blumka quem registra, com doçura e gratidão, o seu dia a dia no Orfanato, em Varsóvia, criado pelo Doutor Korczak. E é por meio de seus desenhos, fotografias e registros que vamos conhecendo cada criança que, assim como ela, mora neste local.

Conheci Reginka, a menina contadora de histórias. É lindo como a autora registra a forma como ela faz a mediação da leitura para os outros amigos. Os livros viram degraus para a progressão. Belíssima imagem...


Conheci Pedrinha, o menino de cinco anos que, em seu penico, ajudou a descarregar uma carroça de carvão.


Conheci Zygmus, o menino que comprou um peixe vivo, com as suas economias, e devolveu-o ao rio.

Após conhecer a história de doze crianças que viviam dignamente no orfanato do doutor Korczak, conheci este doutor e suas lições, ensinadas por meio de exemplos.


O mais incrível desses ensinamentos é que eles são apresentados ao leitor por uma criança que assimilou cada um deles e os relata com carinho e gratidão.





O trecho a seguir mostra que o segredo dessas lições serem tão bem aprendidas pelas crianças era o fato de elas surgirem de exemplos:

"O doutor costuma limpar nossos sapatos. E ele faz isso com tanto prazer, que também aprendemos a cuidar deles cada vez melhor".

Blumka teria muito para falar sobre o doutor, mas veio a Guerra para roubar a paz, calar a voz e a vida.

Diário de Blumka é um livro para ler, demorar nas imagens e nas reflexões que ele possibilita. O Dr. Korczak cria um método educacional, pautado no respeito, afeto e humanidade. o qual deu origem à elaboração da Declaração dos Direitos da Criança, em 1959, bem como discussões que colaboraram para a Criação da Convenção sobre os Direitos da Criança, adotada pela Assembleia Geral das Nações Unidas, em 1989.

Desejo que todas as crianças encontrem educadores que se espelhem nas lições do Dr Korczak.

Belo livro! Recomendo.

Grande beijo!

Regiane Boainain


Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

foto Regiane blog.jpg

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Regiane Boainain 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664