Dia Nacional do Livro Infantil


Dia 18 de abril é comemorado o dia Nacional do livro infantil. E eu tenho mil e uma razões para comemorar essa data. Sabe por quê? Primeiro, porque amo livros infantis. Há uma variedade enorme no mercado: lindos, divertidos, coloridos, alegres, profundos, poéticos. Segundo, porque eu sou de Taubaté.

E o que essa cidade do interioRRR tem a verrr com o dia nacional do livro infantil?


Tudo!!! Simplesmente, porque essa data existe em comemoração ao nascimento de Monteiro Lobato, que mudou, para sempre, os caminhos da literatura para a infância no Brasil e que nasceu em Taubaté, cidade do Vale do Paraíba, considerada a capital nacional da literatura infantil. (Se bem que Taubaté não tem honrado muito esse título)

Esta semana, no curso na Casa Tombada, discutimos bastante sobre a importância de Lobato na literatura. Aulas sobre Lobato são sempre intensas, assim como esse ser múltiplo, que, amando ou odiando, foi um divisor de águas.

Que tal aproveitar a deixa e apresentar o universo de Lobato para as crianças? Olha a vitrine destas livraria! Queria todos para mim.


É impossível não se divertir com a Emília, com as histórias de Dona Benta, com os causos de Tia Nastácia, com as técnicas para caçar saci de Pedrinho e as decobertas de Visconde de Sabugosa. Ou, se preferir, visite o Sítio do Picapau Amarelo, em Taubaté, e apresente para a criança as maravilhosas histórias de Lobato. A cidade, todo mês de abril, prepara uma programação especial para comemorar o aniversário do escritor.

O Museu Monteiro Lobato possui exposições permanentes sobre a vida e a obra do escritor, mostras de artistas plásticos regionais, oficinas de brinquedos folclóricos, biblioteca e um teatro.