Bastidores do livro ilustrado



Quinta- feira, dia 23 de novembro, aconteceu o evento "Bastidores do livro ilustrado", apresentado por Márcia Leite, da editora Pulo do Gato. Márcia compartilhou conosco a sua experiência de editora no processo de criação de maravilhosos autores. Tivemos uma visão esclarecedora sobre os bastidores do trabalho artístico e editorial de várias obras. Um vai e vem sem fim de textos, imagens, ideias e afetos. Márcia explica que a edição é feita, sempre, com muito diálogo com o autor. Como exemplo disso, citou a obra Um dia, Um Rio, de Léo Cunha e ilustração de André Neves.


Nesse trabalho, Márcia explica que o autor já tinha o texto pronto e que a editora procurava por um ilustrador. Como André Neves já estava engajado no texto, assumiu a parceria. André agregou na parte escritural e Léo colaborou com a estética plástica.

O texto sofreu um processo de limpeza na edição. André Neves sugeriu a eliminação de algumas preposições e a inversão de versos para acomodar melhor a estética plástica. Um casamento de olhares que resultou numa obra de arte.


A obra Poeminhas da Terra, de Márcia Leite e ilustração de Tatiana Móes, sofreu alguns ajustes por conta da extensão das imagens na capa. A ilustradora trabalhou com a união das dimensões sempre na vertical, o que exigiu um cuidado maior da parte gráfica.


Ganhador do Jabuti, Adélia, de Jean- Claude Alphen, apresenta cores fortes, com tons de cinza, mas com uma sensibilidade incrível. O texto sofreu alterações na parte central pela edição. Uma imagem belíssima, retirada pelo autor, foi inserida novamente pela edição. Essa repescagem trouxe mais beleza à obra. O autor apresenta uma característica peculiar de resolver os conflitos do texto meramente pela imagem. Uma verdadeira primazia.


Além da Montanha, de Renato Moriconi, chegou com uma estética muito interessante e atraente. Márcia sugeriu a alteração do título. Durante o processo, o autor conseguiu trazer melhor a infância por meio de cores mais vibrantes. Um texto formidável!


Para mim, o livro Casa do Cuco ganhou a noite. Tivemos a oportunidade de pegar os rascunhos de Alexandre Camanho, autor do livro. Sensação inexplicável. Quanta riqueza em detalhes...


As imagens trazem um aspecto de Idade Média. Há um respeito pelo primor descritivo e por traços voltados ao estilo barroco. A escritura é formada por uma estrutura sintática diferente, dentro de uma narrativa que se inicia pelo fim. Uma obra de tirar o fôlego.


As cores fortes são predominantes na construção do texto. Os perfis dos personagens são retratados com semblantes exuberantes e reais. Linda obra!

A Editora está de parabéns pela iniciativa.

Agradecemos pela oportunidade.

Um beijo,

Karina Fávaro.

#BASTIDORESDOLIVROILUSTRADO #EditoraPulodoGato

Posts Recentes

Contato

Inscreva-se no nosso canal no youtube

Foto Regiane.jpeg

Regiane Boainain 

Idealizadora do Veredas do Texto e criadora de conteúdo 

Mãe, professora, autora de materiais didáticos, doutoranda em Literatura e Crítica literária pela PUC-SP. 

  • LinkedIn Social Icon
  • YouTube Social  Icon
  • White Instagram Icon
  • White Facebook Icon

veredasdotexto@gmail.com

Tel e whatsapp

(11) 97683 4664