O convidador de pirilampos

Esta é a história de um menino que adorava passear na Floresta quando se fazia quase- escuro ou quando era noite mesmo.


Mas, como tinha medo do escuro, sempre estava com o avô. Esse menino amava "cientistar". Por isso, sempre trazia consigo uma mochila com algumas engenhocas: criou um aumentador de caminhos, um “unóculo“ para ler o brilho dos pirilampos e um “ convidador de pirilampos”.

As três invenções, quando juntas, eram capazes de produzir um brilho colorido que atraía os pirilampos para um segredo incrível.


De tanto observar os pirilampos, o menino aprendeu a ler o brilho deles e compreendeu o código que eles usavam, passou então a conversar com esses seres e viu que uma escuridão pode ficar bem bonita. Com isso, o medo do menino deu lugar ao desejo de ver a magia do brilho da dança dessas criaturinhas cheias de luz.

Recomendo. No Brasil, essa obra foi publicada pela Editora Pallas

Posts Relacionados

Ver tudo